13 de janeiro de 2021

Citizen Promaster Tough

 


Ando para referenciar este Citizen já há algum tempo, mas só hoje houve oportunidade (so many watches, so little time...). Trata-se de um relógio de mergulho com movimento de quartzo e algumas características interessantes que o tornam único. E, claro, como é muito apreciado pela comunidade, a marca decidiu... descontinuá-lo. Que surpresa! (not...).

E o que torna este Citizen Promaster Tough em algo que valha a pena realçar no meio de milhares de relógios que, pelo menos pelo aspeto, parecem iguais? A resposta está no nome: é mesmo... forte! E basta clicarem na foto do lado direito para começarem a perceber porquê. Notam alguma coisa estranha? Ah, pois é... Não tem tampa! A caixa, de 42mm de diâmetro, é construída como um monobloco e o movimento é montado por cima, ao contrário do que sucede normalmente (já há uns anos fiz uma referência a um Citizen com este tipo de construção).

Além disso, a Citizen colocou também cuidado adicional no material da caixa propriamente dito, indicando ter usado uma liga de aço inoxidável (até aí, tudo normal) com um revestimento a que chama "Super Titanium" aplicado não apenas na caixa como na bracelete, e que oferece uma resistência 5 vezes superior à do aço, é anti-magnético e possui propriedades hipo-alérgicas. A execução inclui ainda índices e ponteiros com aplicação de superluminova, vidro de safira e coroa de rosca.

O movimento usado é o calibre de quartzo Citizen E168 com data e alimentação através da luz, usado também em diversos outros modelos da marca, e é a chave para se puder ter usado aqui uma caixa monobloco, uma vez que não necessita mudar de pilha – a autonomia é de 6 meses após um carregamento completo. 

O preço de referência é de 495 dólares, mas pode (ainda) ser encontrado na Amazon Espanha por menos de 260 euros, já com portes.

6 de janeiro de 2021

AVI-8 Hawker Hunter Charcoal Ember Brown

 


Tenho uma confissão a fazer: gosto muito deste relógio. I know, right? É um bocado cheesy e o mostrador até é bem mais busy do que eu costumo gostar, mas tem um je ne sais quoi que não me deixa indiferente (acho que bati hoje o record de palavras estrangeiras no mesmo parágrafo...). 

É um relógio que foi lançado no final de 2020, fortemente promovido através das redes sociais nos últimos meses do ano passado. Acho que o que mais me agradou neste modelo da jovem AVI-8 foi o facto de não terem tido qualquer problema em fazê-lo, mesmo indo contra tudo o que o bom-senso indicaria.

Além disso, houve aqui também a coragem de usar um movimento (ainda que de quartzo) com complicações pouco comuns, como é o caso do cronógrafo retrógrado, no qual há ponteiros que, em vez de darem uma volta completa ao sub-mostrador, voltam ao início após percorrerem um determinado semicírculo (neste caso é o contador de minutos, na posição das 10h30). 

O nome completo é AVI-8 Hawker Hunter [o nome de um avião militar britânico] Charcoal Ember Brown [uma referência às cores do mostrador e da bracelete]. Tal como a foto sugere, mesmo sem qualquer referência, este é um relógio bastante grande, com uma caixa em forma de dodecágono (com 12 faces) resistente à água até 100 metros e diâmetro de 45mm.

O movimento usado, embora isso não seja referido no site da marca (que indica apenas a sua proveniência japonesa), parece ser um Seiko (SII) VK83, da gama "mecaquartz". Tal como outros da mesma família, utiliza um movimento de quartzo como base mas a parte do cronógrafo recorre a diversos mecanismos físicos que lhe dão um feel mecânico, como é o caso da reposição instantânea dos ponteiros do cronógrafo após uma medição de tempo intermédio.

A caixa em aço tem um bonito acabamento em PVD negro e só é pena que o vidro que protege o mostrador seja "apenas" mineral e não de safira, embora aqui a marca tenha tido o cuidado de aplicar um tratamento antirreflexo ao interior do vidro, que contribui para que pareça "invisível" quando olhamos para ele determinados ângulos. 

E é precisamente o mostrador que o coloca num patamar à parte, já que a marca o decidiu desenhar como se tratasse do painel de instrumentos de um avião, precisamente o Hawker Hunter. Mas há aqui mais atenção ao detalhe, como é o caso dos grandes ponteiros das horas e minutos que foram esqueletizados e, por isso, não interferem com a leitura do cronógrafo, mesmo que no momento da contagem do tempo estejam sobre os sub-mostradores.

O resultado final é tão bom que até "deixo passar" a data às 4h30, uma posição na qual não costumo gostar de a ver... O preço, a partir do site da empresa, é de uma razoáveis £220, já com portes incluídos para qualquer parte do mundo. Antes de comprar, vale a pena procurar este relógio nas redes sociais da AVI-8, pois é possível que esteja disponível algum cupão de desconto.