14 de abril de 2021

Pulsar PM3175X1

 


 
Os cronógrafos são os relógios que têm, aqui no blog, mais leitura. Sempre que faço um artigo sobre um cronógrafo, é certo e sabido que as visitas aumentam. E, de facto, existe algo de mágico nestas máquinas com os seus poussoirs adicionais e sub-mostradores para contagem de tempos intermédios.

Nem todos são bem conseguidos, mas quando o são, o resultado é semelhante a este Pulsar de inspiração militar: equilibrados, com grande legibilidade e um resultado harmonioso.

A Pulsar, como sabemos, é uma das marcas low cost do grupo Seiko (a outra, ainda mais acessível, é a Lorus). O modelo que hoje vos trago é a referência PM3175X1, com um preço de referência em torno dos 120 dólares mas que se encontra à venda na Amazon Espanha por menos de 90 euros.

O relógio tem uma história interessante, que eu desconhecia, e que descobri no fórum DezDez. Trata-se, na verdade, de uma edição baseada numa série especial que a marca fez para a RAF, com a referência PJN299 e que se encontra esgotada desde há muito. E digo "edição" e não "reedição" porque este novo cronógrafo é diferente daquele que lhe serviu de inspiração, nomeadamente no desenho do mostrador (os numerais são maiores neste novo modelo) e dos ponteiros. Apesar de haver quem pense o contrário, eu até acho esta reedição mais bonita do que o relógio original (a verdadeira reedição do modelo da RAF será este, com a referência  PM2139X1).

As especificações são idênticas entre ambos os modelos: movimento de quartzo (claro, a este preço, seria impossível o contrário!), complicações de cronógrafo e data às 3h00, caixa em aço com 42mm de diâmetro, resistência à água até 100m e vidro mineral. Os numerais e os ponteiros têm luminescência no escuro. A bracelete, de estilo militar (mas que não é tipo NATO) é de nylon, o que reforça o caráter utilitário da peça.

O mostrador é preto, mas existe uma variante em mostrador azul escuro e preço ainda inferior, com a referência PM3177X1

8 de abril de 2021

Mondaine Stop2Go MST.4101B.LB

 

Já aqui falei da Mondaine por diversas vezes. Mas, confesso a minha ignorância, só agora me apercebi de que deixei passar ao lado aquele que é o modelo mais interessante da marca, o Stop2Go. É um relógio que, tendo um movimento de quartzo, vale bem os quase 600 euros pedidos, dada a sua originalidade e funcionalidades únicas num mercado repleto de cópias de cópias...

Na gama da marca suíça, este modelo é dos que oferece menos complicações: apenas horas, minutos e segundos. No entanto, é também aquele que se pode considerar como verdadeiro herdeiro dos relógios dos caminhos de ferro suíços, uma vez que não só o desenho é idêntico, mas a funcionalidade também.

Como?, perguntar-me-ão? Através da função que dá o nome a este modelo: o ponteiro dos segundos demora 58 segundos a dar uma uma volta completa ao mostrador; depois, ao chegar à posição das 12h00, faz uma pausa de dois segundos e, ao avançar para as 12h00m01s, o ponteiro dos minutos (que, durante 58 segundos não se moveu um décimo de milímetro sequer), avança de forma visível para o minuto seguinte! Se não percebeu o que acontece através da minha descrição, sugiro que veja este vídeo no YouTube.

Além disso, o movimento do ponteiro dos segundos tenta imitar o movimento suave através do mostrador do relógio original, movendo-se ao ritmo de quatro "tics" por segundo. O movimento é criado in house pela Mondaine, com a designação Stop2Go 58-02, e inclui dois motores independentes, um para as horas/minutos e outro para os segundos. O elevado consumo de energia que isto implica foi compensado pela utilização de uma bateria de lítio de elevada capacidade, com autonomia para 3 anos. 

Esta funcionalidade peculiar deu origem a outra idiossincrasia deste modelo, que é a forma da coroa, a qual não possui uma forma circular nem sequer roda como uma coroa normal. 



Uma vez mais, o vídeo que linkei acima mostra como é que o relógio é operado e como funciona esta coroa.

Uma última originalidade que, creio, é igualmente única no mercado, é a luminescência do escuro. Uma vez que o mostrador é branco e os ponteiros e índices são pretos, poderíamos imaginar que essa luminescência se faria através da uma funcionalidade tipo "full lume", em que o mostrador é todo ele luminescente e a leitura no escuro é feita por contraste. Mas não. A Mondaine pensou efetivamente "fora da caixa" e colocou o lume por baixo (!) dos ponteiros... O "carregamento" do material luminescente faz-se através do reflexo da luz no mostrador branco e, à noite, os ponteiros brilham de baixo para cima. Genial!

O resto da execução é relativamente normal. A caixa, em aço, tem 41mm de diâmetro e resistência à água praticamente inexistente (3 ATM), a bracelete é em pele preta (existe uma variante com bracelete vermelha) e o vidro é de safira com revestimento antirreflexo.

A Mondaine produz também um relógio de parede "smart" com a funcionalidade Stop2Go. Tem 25 cm de diâmetro e pode ser acertado através do smartphone, com ligação Bluetooth. O preço é de 294 francos suíços. 

4 de abril de 2021

Movimento Citizen 0200

 


A Citizen tem um novo movimento mecânico, algo que não acontecia desde há 11 anos. O vídeo acima tem cerca de 20 minutos mas vale bem a pena (tem legendas em inglês), pois dá-nos também uma panorâmica sobre a história da empresa japonesas, que remonta a 1918.

Os primeiros relógios da marca baseados nestes movimentos estão previstos para o Outono de 2021.