25 de abril de 2021

Seiko Recraft SNKM97

 



Este Seiko da coleção Recraft da marca japonesa não é novo, longe disso. Pelo que percebo através de pesquisas online, foi lançado no já longínquo ano de 2015. No entanto, só recentemente "tropecei" nele e, apesar de já não ser muito fácil de encontrar (nem tão barato como quando foi lançado) acho que é suficientemente interessante e original para valer uma referência aqui no blog.

A coleção Recraft da Seiko inclui várias peças inspiradas na estética relojoeira que fez escola ano final dos anos 60, início dos anos 70 do século passado, e este SNKM97 é um excelente exemplo. É um daqueles casos em que a foto não faz jus à beleza da peça -- aconselho-vos a darem uma vista de olhos a alguns vídeos no YouTube para perceberem o bonito que ele é, quer em termos do mostrador, quer no acabamento da caixa.

E é esta a ideia por detrás deste de doutros relógios da coleção: oferecer uma vibe nostálgica num relógio bem desenhado e acessível, como é a maioria dos Seikos (embora, infelizmente, com tendência para serem cada vez mais caros...). De resto, pelo que li online, este modelo em particular não é uma recriação ou reedição de qualquer outro relógio da marca, mas sim uma criação totalmente nova. O resultado é muito do meu agrado, embora admita que isso se possa dever ao facto de eu ter quase 60 anos! :-) 

As características técnicas são menos impressionantes do que o desenho. O movimento usado é o mecânico automático Seiko 7S26 que encontramos em centenas de Seiko 5 e que é bastante fiável mas básico: não oferece nem paragem de segundos (hacking) nem corda manual.

Mais interessante é a caixa (embora oferecendo apenas 5 atmosferas de resistência à água), com um formato quase quadrado, típico da época que pretende evocar, e uma conjugação de acabamento polido e escovado de excelente efeito. O vidro do mostrador é o habitual "hardlex", a versão Seiko de vidro mineral endurecido. O fundo é também de vidro, para observação do movimento. 

A caixa tem umas dimensões generosas, de 43,5mm e, pelo que tenho visto em vídeos, o relógio não parece demasiado grande no pulso.

Mas, claro, a pièce de resistance é o mostrador, com um verde que vai escurecendo do centro para a periferia. Os índices são aplicados e o mesmo acontece com o logótipo da Seiko. Há um destaque a branco nos índices das 12, 6 e 9 horas, que se conjugam com a moldura da mesma cor em torno da janela de dia/data. Na foto não se nota muito bem, mas os ponteiros das horas e minutos são esqueletizados.

Resta o preço. E aqui é que as coisas se complicam. O valor de referência da marca é de 250 dólares. Contudo, como o modelo é apetecível e foi entretanto descontinuado, os preços que encontramos online não são famosos. Na Amazon.com, com os problemas de ter de vir dos EUA, o valor base é de 200 dólares mas fica por cerca de 250€,  com taxas e envio, o que ainda assim penso que valerá a pena. 

Há uma loja na Amazon.es que está a vender este modelo por 399€, o que me parece perfeitamente especulativo.

Mais informações aqui e aqui.

Sem comentários :

Publicar um comentário